Postagens

FELIZ NOVO ANO PARA MIM!

Hoje eu fiquei mais velho e tudo que eu queria era apenas poder sintetizar esse momento de transição e de renovação, mas a minha cabeça está a mil. São muitas implicações, são projetos inacabados, é a correria da graduação, é o tempo que preciso ter pra família e os amigos… é a vida que corre e não para para esperar ninguém. E eu? a unica coisa que tenho a fazer é me equilibrar em meio a esses contorcionismos que a vida pós moderna tem nos imposto. Eu que nem tenho tantos amigos, tenho apenas de me conformar que essa data vai se tornando a cada ano uma data mais intima, um momento de encontro com eu de ontem, que me ora me sorri, ora me xinga, com eu de hoje que me assombra e me encoraja nos momentos de tensão e com o possível eu de amanhã que me estende a mão, mas que gesticula pra mim pedindo que eu tenha calma, tenha paciência, desacelere os passos e busque encontrar pelo caminho algo que me faça sorrir, que me tire um pouco a angustia da espera por esse amanhã que talvez pode não…

Eu escolhi reagir

Imagem
Waiting for a change to set us freeWaiting for a hope to come around...
Change - Christina Aguilera
Não, este não é um texto sobre alguém que está perdendo uma luta de boxe ou qualquer outra modalidade esportiva. Antes fosse. Tudo seria tão mais fácil. A luta é outra, o inimigo é outro. Desde que fui diagnosticado com Distimia, que é básicamente um estágio mais leve de depressão, eu nunca escrevi sobre isso e falei com pouquíssimas pessoas a respeito. Nos últimos dias porém passei por uma nova crise. Perdi o prazer das coisas, pensei em abandonar tudo, não fazer nada, passei dois dias simplesmente deitado, me levantando apenas para comer alguma coisa. Não é fácil, nunca é fácil e a cada recaída parece que os problemas voltam maiores, parece que eles evoluem como pokemóns. Depois que fui diagnosticado, eu tive sim uma melhora, depois das sessões com o psicólogo eu parecia até outra pessoa, mas as crises sempre reaparecem, normalmente elas vem sempre que tenho que tomar alguma decisão im…

Mudança

Muitas coisas boas estão a caminho! Aguardem....

Resenha: A vida em tons de Cinza

Imagem
Sobre ganhar e perder a humanidade
"A humanidade não se divide em heróis e tiranos. As suas paixões, boas e más, foram-lhe dadas pela sociedade, não pela natureza."


Charlie Chaplin

A vida em tons de cinza é um livro revelador da natureza humana. Ele nos conta a trajetória de dor e terror de Lina Vilkas e sua família. Narrado em primeira pessoa por Lina, o livro traz narrações do massacre que os povos bálticos sofreram sob o governo de Stalin, onde os países Lituânia, Letônia e Estônia tiveram seus territórios tomados pela União Soviética e o seu povo fora deportado para os campos de trabalho da Sibéria. 
O que mais me atraiu nesse livro sem dúvidas foi o fato dele ter sido narrado em primeira pessoa por uma sobrevivente (ficcional) do massacre stalinista, assim que li a sinopse fiquei muito ansioso para lê-lo. O livro me arrebatou de cara, eu tinha certeza que seria um dos meus livros favoritos, porem eu sabia que devia estar preparado para a enorme carga emocional que esse li…

Voltando à ativa!

Imagem
Aiai... Tantos dias sem escrever nada aqui, já me sinto até um estranho. E tanta coisa aconteceu nesse tempo, algumas boas, outras ruins, umas eu devo contar, outras não. kkkkkk, de forma alguma.Começarei falando que agora eu sou um universitário, hehe. Pois é, consegui ingressar em uma universidade, estou cursando Letras na Universidade do Estado da Bahia. Não, Letras não era minha primeira opção de curso, porém devo declarar que o curso me ganhou, estou completamente apaixonado pelo meu curso, amando esse universo da linguística, literatura, semântica enfim da linguagem como um todo. Não eu  não desisti de cursar uma faculdade de Psicologia, porém tenho andando tão tranquilo, sem pressa para nada. Sei que todas as coisas tem o seu momento e o que tiver de ser, será. 

Muitas outras coisas aconteceram, mudei de cidade devido ao curso, hoje estou morando em Jacobina que fica a 100 km da minha cidade, Morro do Chapéu. Esses dois grandes acontecimentos foram responsáveis por várias mudanç…

Ano novo, vida nova! (eu espero)

Imagem
2014 se foi, chegou 2015 e agora é a hora em que preciso refletir sobre o rumo que pretendo dar para minha vida.


Não tem sido fácil, constantemente sinto me imerso em um mar de problemas que às vezes chego a pensar que vou surtar de vez. Sei que preciso tomar a dianteira de minha vida, sair da plateia e entrar de vez no palco.


Mas agora só me cabe desejar um feliz ano novo a todos e para mim. Que seja um ano diferente de todos que já se passaram, que nos surpreenda para o bem, que os obstaculos que possam vir a existir sejam enfretados de cara, que minha força de vontade seja maior do que o que me desanima.

Inspiração?

Imagem
Onde foi parar minha inspiração?

Eu tento, tento e não consigo escrever nada criativo. Isso me deixa deprimido porque tudo que eu queria era apenas verbalizar todas as coisas que sinto, mas nesse momento a única coisa que eu sinto é um vazio enorme dentro de mim. Não consigo achar graça em nada, nada me comove, nada me surpreende. Às vezes sinto que sou apenas mais um e sentir que você é apenas mais um é tão deprimente quanto sentir que você não é nada.